Churrasco grego, como se faz?

Churrasco, churrasco e mais churrasco, realmente é dar água na boca só para pensar em assar alguma carne, esse churrasco espetacular! Há uns dias atrás experimentei um churrasco diferente, chama-se churrasco grego, e decidi aprender a fazer e passar para vocês, junto com a história desta maravilha.

Antes de continuarmos, porque não ler alguns dos nossos melhores artigos, clique na categoria ao lado para encontrar o conteúdo.

Churrasco grego

O churrasco original grego é composto por pão sírio, no caso deste restaurante fui a pão de lavosh, de origem arménia, mais macio, folhas de vários tipos de alface temperadas com azeite e sal, folhas de hortelã, tomate, cebola, carne grelhada, ou no nosso caso, kafta, e molhos como hommus ou coalho seco. O churrasco grego, que apesar de ter o nome grego tem pouco a ver com o país, é de origem árabe e o seu nome original é Kebab.

Na verdade, este era quase o Kababab original, mas o que vou ensinar-vos a fazer e que é realmente caseiro, também fica muito saboroso. É uma receita totalmente improvisada, mas esta é a melhor parte.

Churrasco grego caseiro

Para fazer este churrasco, você vai primeiro decidir qual a carne que vai servir o seu churrasco, se você precisar de ajuda para ler o nosso artigo Barbecue Meat, qual é o melhor? E decida com qual carne seu delicioso churrasco será feito. Então vá até o açougueiro e compre a carne, pedindo ao açougueiro que passe a carne para o moedor pelo menos 4 vezes, ele certamente fará essa gentileza, se não ligar para o gerente.

Agora você vai precisar da seguinte lista de ingredientes:

  • 1 colher de chá de cominho

  • 1 colher de chá de paprica doce

  • Meia colher de sopa de pimenta da Jamaica

  • Meia colher de sopa de semente de coentro

  • 2 colheres de sopa de manteiga

  • Uma pitada de sal

  • 1 colher de chá de alecrim

  • 1 xícara (chá) de cebola

  • 2 colheres de sopa de salsa

Agora deixe-o em forma de um salame grosso e coloque-o sobre um plástico fino e enrole-o e dê dois nós, um de cada lado. Misture bem e a carne se tornará homogênea. A carne sairá cozida. Tudo o mesmo. Bom apetite! Basta fritar de todos os lados e cortar. Leve a água a ferver e deixe ferver durante cerca de 15 minutos. Pegue a carne picada e misture com todos os ingredientes listados acima. Espere até que o plástico arrefeça, retire-o e leve a carne para a panela com óleo.

O que você achou do churrasco grego?

Churrasco grego, saiba mais sobre esta iguaria

Muitas pessoas, especialmente aquelas que vivem em grandes cidades como São Paulo, encontraram lugares que oferecem uma iguaria popularmente chamada de churrasco grego, que é um lanche muito popular, vendido especialmente em forma de sanduíche.

Porque o que poucas pessoas realmente sabem é como surgiu o churrasco grego, e quais são suas possíveis variações, então vamos falar um pouco mais sobre isso neste artigo, para que você saiba um pouco mais sobre essa saborosa iguaria das ruas do Brasil.

Origem do churrasco grego

Muito poucas pessoas sabem, mas as origens do churrasco grego estão na Turquia, e não na Grécia, num espeto chamado döner kebab, que chegou ao Brasil anos atrás, e que atualmente é oferecido em praticamente todos os cantos das principais cidades do país, sendo um lanche muito popular.

Döner kebab nada mais é do que a expressão turca que literalmente significa cuspo, e o lanche, originalmente composto de carne bovina, cordeiro, cabra ou frango.

No Brasil, a versão mais vista nas ruas de todo o país é a de carne bovina, que é mais popular aqui, e as versões com outros tipos de carne são raramente vistas nas ruas.

Por aqui, o lanche se tornou extremamente popular com o nome de churrasco grego, mas o fato é que quase todo mundo sabe assim.

A iguaria é vendida no Brasil em barracas de rua e também em pequenos lanchonetes e bares, especialmente nas regiões centrais das principais cidades, com preços baixos e grande apelo ao público, especialmente entre as camadas mais populares.

Como é feito o churrasco grego?

Tradicionalmente no Brasil, a preparação do churrasco grego é muito simples, sempre seguindo um padrão básico, onde as carnes temperadas são empilhadas em fatias no espeto vertical, formando um cilindro de carne.

Os grelhadores, que geralmente são movidos a eletricidade ou gás natural, estão ao redor do espeto, assando a carne uniformemente, e também é muito comum, além da própria carne, adicionar tomates e cebolas para dar ainda mais sabor ao lanche.

O sanduíche é normalmente servido em pão francês, mas o tradicional kebab döner turco é servido em um pão pita turco, que raramente é visto nos lugares que servem churrasco grego no Brasil.